João Fernandes

 

João Fernandes é natural de Caen, Vilarejo localizado na Chapada Diamantina-Ba, nasceu no ano de 1949. Iniciou os estudos em Governador Valadares, Minas Gerais, onde, em jornais estudantis, publicou seus primeiros contos, poemas e artigos. No ano de 1969 finaliza o 2° grau na cidade de Belo Horizonte. Logo, muda-se para Salvador e inicia-se no jornalismo, aos 23 anos.

 

Em 1977, já no Rio de Janeiro, tem seu primeiro livro publicado pela Editora Cátedra, apresentado por Jorge Amado e prefácio escrito por Adonias Filho. Residente no Rio, realizou diversos trabalhos no meio editorial.

O segundo livro: A hora da besta, sai com introdução de Austregésilo de Athayde, na época, presidente da Academia Brasileira de Letras. Relaciona-se de perto com Josué Montello, R. Magalhães Jr., o próprio Athayde, Assis Brasil, Antônio Houaiss, Moacir C. Lopes, Adonias Filho, David Nasser, Aurélio Buarque de Holanda, Hélio Pólvora e Rachel de Queiroz, que se pronunciam sobre sua obra.

Fernandes conhece Porto Seguro em 1980, período o qual passou a dedicar-se exclusivamente a produção literária.

 

Obras de sua autoria:

Pé de Página, 2017; 

4 Histórias Surreais, 2016;

O Menino e seu Herói, 2002;

Recitais em Prosa e Verso, 2000;

A Dança dos Chacais, 1986;

Delírio do Poder, 1984;

A Hora do Stress, 1982;

Perdidos para o Mundo, 1977.

Referência: 

Nota biográfica. João Fernandes escritor. Disponível em: <http://joaofernandes-escritor.com.br/biografia/>. Acesso em 07/01/2021.

Academia de Letras de Porto Seguro

© 2019 por ALPS. 

  • Instagram